As vinhas da Santar Vila Jardim Wines, são o resultado de uma longa sabedoria geracional de viticultura, das Famílias de Santar.

Procuramos a particularidade de cada vinha seja percetível no vinho que origina.

Vinha DOS Condes de Santar e Magalhães

Em 2007 a Condessa de Santar e Magalhães pediu ao seu filho Pedro, uma vinha que fosse de pequena dimensão e que pudesse ser cuidada pelos seus netos.

Nasce assim em 2007 um conceito único, Vinha Jardim, onde inicialmente deu origem ao vinho Conde de Santar e que atualmente produz o vinho Memórias de Santar, em homenagem a todos os Santarenses que contribuíram por esta paisagem vinhateira de Santar.

Esta parcela única, integrada no jardim histórico da Casa dos Conde de Santar e Magalhães, em solo granítico e de um complexo xisto-mignátitico, foram plantadas duas castas nobres e mais representativa dos seus Países de origem: a Touriga Nacional de Portugal e o Merlot de França. 

Vinha Hotel ValVerde Santar.

Cada vinha é um jardim; uma das expressões mais antigas do que é um jardim concentra-se na vinha. Ao lado de uma piscina, uma oliveira, um cipreste, uma palmeira, um limoeiro e um canteiro de flores de buxo. Ir à vinha sempre significou ir àquela parte íntima do jardim onde este maravilhoso fruto da uva foi colhido na vindima que nos dará a todos o sabor concentrado da alquimia entre a terra e o sol. Por isso, a ondulante vinha de Santar, no Hotel Valeverde Santar, tem aquela expressão geométrica da experiência íntima que se abre para a paisagem e que se vive como um sonho quando vista do alto do seu quiosque. A vinha é rodeada por arbustos de Olea fragrans, folha escura do meio que evidencia a fragilidade da sua floração delicadamente perfumada. As estradas interiores são rodeadas por sebes de Choisya ternata, uma laranjeira mexicana que, pelo contrário, com a sua folha verde-clara destaca na primavera e no outono a perfumada flor branca que nos faz lembrar os cítricos; no meio, alguns medronheiros, loureiros, grupos de ciprestes e algumas Paulonias que nos darão a sua maravilhosa flor azul na primavera. Tudo no vinhedo é biodiversidade de plantas, flores e frutos e aqui os pássaros vêm proteger seus ninhos e se alimentar de frutas tão deliciosas.

É um lugar especial e está no topo do projeto e a partir dele, se avista toda a Serra de Estrela que dá abrigo e proteção a esta vinha da Santar Vila Jardim, que a cada outono, nos dá o seu melhor vinho.

Fernando Caruncho

Vinha ibérico nogueira

Pertence à família Ibérico Nogueira e encontra-se inserida no projeto Santar Vila Jardim.
O seu jardim de vinha plantado com a casta Touriga Nacional situa-se no centro da Vila de Santar. A sua exposição e a sua quota elevada, permite uma excelente maturação das uvas e uma magnifica vista quer sobre as hortas biológicas confinadas por videiras instaladas no âmbito do projeto, e a serra da Estrela.

Vinha Magnólia

Pertence à Família Loureiro Portugal e encontra-se inserida no projeto Santar Vila Jardim. O jardim de vinha, de pequenas dimensões, outrora pomar e a horta da casa, é enquadrado por sebes de buxo talhado pontuado por pirâmides. As carreiras levam o visitante a percorrer o jardim e a admirar a paisagem no sentido da serra da Estrela entre duas parcelas de castas brancas o Encruzado e Alvarinho.

Vinha Nossa senhora da piedade

Pertencente à Família Gomes e encontra-se inserida no projeto Santar Vila jardim Wines.

Monte de Lobo, situado no planalto de Santar, entre as duas serras (Estrela e Caramulo) a uma quota de 388 m e uma exposição franca. 

As castas Touriga Nacional e Malvasia Fina estão instaladas num solo de origem granítica, textura ligeira, baixos níveis de matéria orgânica e baixa capacidade de retenção de água. As elevadas amplitudes de maturação dão origem a vinhos frescos, minerais de elevada complexidade.